O Primeiro-Ministro, José Maria Neves na sua mensagem do 38º aniversário de Independência Nacional, assinalada esta sexta-feira, destacou o percurso do país desde 1975, afiançando que Cabo Verde passou de um país impossível para um país viável.

A afirmação é do Coordenador do Corpo Nacional de Voluntários, que destaca os ganhos que o voluntariado conseguiu até agora e os desafios que tem pela frente, que passa pela estruturação do voluntariado, reconhecimento das horas prestadas pelo voluntário e ter uma base de dados atual sobre o número de voluntários existentes, assim como  todas as entidades promotoras do voluntariado.