Em Cabo Verde a taxa de prevalência da hiperglicemia é de 12%, segundo os dados do inquérito sobre doenças não transmissíveis realizado em 2007. A consideração é da Coordenadora Nacional do Programa de Prevenção da Diabetes, Emília Monteiro, no âmbito do Dia Mundial da Diabetes, que se assinala hoje, sob o lema Mulheres e Diabetes nosso direito e um futuro Saudável.
Segundo a coordenadora nacional do Programa de Prevenção da Diabetes dos 12% das pessoas diagnosticadas com diabetes, apenas 2% estão em seguimentos nos centros de saúde. A mesma indica ainda que a diabetes em Cabo Verde está a ser diagnosticada com complicações. Mais informações  segue o link https://app.box.com/s/43uog7pntmkqtejxp027o0i82x61pies