NRTE

Núcleo de Recursos e Tecnologias Educativas

O Núcleo de Recursos e Tecnologias Educativas (NRTE), anteriormente designado como Programa "Mundu Novu”, está voltado exclusivamente para garantir a integração das (TIC) em todos os subsistemas da educação, assegurando a qualidade da mesma com enfoque na inovação pedagógica.

 

Objectivos

Objectivos

 

  1. Elaborar orientações curriculares para a implementação das TIC nos diferentes subsistemas da educação, assegurando a sua implementação;
  2. Colaborar para a modernização dos ambientes escolares, através da formação e desenvolvimento de competências que garantam a integração das TIC em todos os subsistemas, enquanto promotoras da qualidade da educação, motivação e prazer na aprendizagem; 
  3. Desenvolver, orientar e monitorar o Plano de Capacitações de professores em TIC, com vista a garantir a utilização das TIC por todos os docentes;
  4. Providenciar ambientes de trabalho virtuais para os alunos, documentos de apoio em formato eletrónico e sistemas de acompanhamento dos alunos por  dos pais, encarregados de educação e docentes;
  5. Estimular o desenvolvimento de conteúdos educativos multimédia para todos os subsistemas, visando a promoção da qualidade na educação, motivação e prazer na aprendizagem;
  6. Colaborar com as demais instituições de ensino superior, na criação de repositórios educativos digitais, para os diferentes subsistemas;
  7. Criar espaços para a participação de alunos, produção e divulgação de conteúdos nas línguas cabo verdiana e portuguesa;
  8. Promover ações que possibilitem a utilização das TIC, garantindo a diminuição do número de indivíduos da comunidade educativa infoexcluídos;
  9. Colaborar com o Serviço de Alfabetização e Educação de Adultos, designadamente na inclusão social de imigrantes;
  10. Contribuir com o Núcleo de Educação Especial e Inclusão Educativa, Salas de Recurso, instituições privadas e associações da sociedade civil na criação de condições que garantam a acessibilidade de alunos com necessidades especiais;
  11. Assegurar a minimização das barreiras digitais na conceção dos conteúdos;
  12. Criar mecanismos de incentivo à utilização das TIC nas escolas e em todo o sistema de ensino, criando condições que instiguem o regresso dos alunos que abandonaram o sistema educativo;
  13. Apoiar na implementação de práticas pedagógicas inovadoras, garantindo a efetivação de um modelo interativo de ensino e de aprendizagem;
  14. Promover, acompanhar e monitorizar iniciativas inovadoras e promotoras do sucesso educativo que utilizem as TIC nas instituições escolares;
  15. Apoiar na elaboração dos manuais escolares;
  16. Coordenar os projetos em curso referentes à implementação das TIC nas escolas e estabelecer as normas para o seu bom funcionamento; e
  17. Exercer outras funções que lhe sejam determinadas por leiousuperiormente.
 

Parcerias

Parcerias